Notícias

100% certificados!

15 nov 2016
Print this pageEmail this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on TumblrShare on LinkedIn

Com a entrega do certificado da norma ISO 14001:2004 para a planta General Savio, termina o bem-sucedido processo que reafirma o nosso compromisso com a sustentabilidade e a eficiência em todas as nossas operações.

Para a Ternium, a segurança e o cuidado com o meio ambiente são prioritários. A empresa tomou a firme decisão de concluir o programa de certificação em todas as suas plantas do México, Guatemala, Colômbia e Argentina. Uma meta ambiciosa que, no caso da Ternium Siderar, acaba de ser concluída nas suas oito plantas industriais.

Este processo que exigiu planejamento e esforço de todos foi encerrado na Planta General Savio, cuja central termoelétrica tem seu sistema certificado desde 2007. “Hoje todas as plantas têm o sistema de gestão certificado, é um orgulho”, disse Beatriz Dogliani, chefe de Meio Ambiente.

Mas longe de representar um fim, esta marca estabelece o início de um caminho que deve ser seguido diária e ativamente. “O que um sistema de gestão faz é garantir uma sistematização. Cada área conhece os aspectos e os impactos da operação, avalia, define e implementa planos para minimizar ou eliminar os impactos, ou seja, controla seus aspectos ambientais”, explicou Dogliani.

“Graças ao esforço de toda a equipe, conseguimos consolidar um sistema de gestão que reafirma o nosso compromisso com a sustentabilidade e a eficiência em todas as nossas operações”, afirmou Martín Berardi, diretor-geral da Ternium Siderar. “Esta conquista também vai nos ajudar a manter a disciplina operacional necessária para alcançar os níveis de excelência que nós perseguimos”, acrescentou.

Etapas do desafio

O cumprimento deste programa significou um desafio para a empresa desde o primeiro momento. A primeira planta certificada foi Ensenada, em 1999; depois, em 2000, obtiveram as suas certificações Sidercolor e os Centros de Serviços de Florencio Varela e, simultaneamente, Sidercrom e Serviacero. Em 2006, foi recertificada a Planta Rosario; Canning e Haedo receberam sua ISO 14001 em 2015.

“É uma conquista extraordinária pela complexidade, pelos processos, por todas as questões ambientais envolvidas em um processo produtivo como este”, afirmou Gustavo Nudel, diretor de Marketing e Certificação para a América do Sul da agência certificadora Bureau Veritas Certification. Segundo ele, esses são os quatro pontos fortes do nosso sistema de gestão: equipe, compromisso, investimento e capacitação. “Não é possível manter vivo um sistema como este se as pessoas que operam e administram não estiverem comprometidas. Se você não acredita nisso, é muito pouco provável que o sistema perdure”, garantiu.

Melhora contínua

Todas as auditorias, tanto externas como internas, representam oportunidades de melhora contínua e motivam a participação e o compromisso dos funcionários. Para Beatriz Dogliani, acompanhar o processo de ciclo de trabalho e ouvir as sugestões dos colaboradores contribuem para um maior envolvimento de todos com o sistema. Aos poucos, os resultados se tornam visíveis.

Próximos passos

A próxima meta será a recertificação das plantas com uma nova versão da norma: ISO 14001:2015, um processo que exigirá um compromisso ainda maior de todos, já que implicará a integração dos sistemas.