Notícias

Ternium anuncia resultados do segundo trimestre

4 ago 2017
Print this pageEmail this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on TumblrShare on LinkedIn

No segundo trimestre deste ano a Ternium apresentou resultados positivos em todas as suas operações. O processo de integração da CSA avança de acordo com o cronograma previsto.

Com a atividade no México “sólida” e na Argentina “muito melhor”, a Ternium revelou resultados econômicos positivos no segundo trimestre do ano, e apresentou a analistas um panorama sobre os próximos meses.

“Voltamos a conseguir um desempenho muito bom no segundo trimestre do ano, inclusive um pouco melhor do que tínhamos previsto”, disse Pablo Brizzio, CFO da Ternium, em um encontro com analistas liderado junto com Sebastián Martí, diretor de Relações com Investidores.

Recorde de envios

O trimestre registrou um recorde de envios: 2,6 milhões de toneladas, 7% acima do trimestre anterior. As vendas cresceram 11%, com grandes aumentos em todas as regiões. No fechamento do primeiro semestre, o Ebitda (lucros operacionais antes de depreciações e amortizações) subiu 38% e chegou a US$ 962,6 milhões. Com esse ponto de comparação alto, “o Ebitda deve ser menor no terceiro trimestre”, disse Brizzio.

O CFO explicou também que o fluxo de caixa livre negativo do primeiro semestre (US$ 76 milhões) foi provocado pelo aumento do capital de giro, devido ao maior nível de atividade, ao cancelamento do saldo do imposto de renda de 2016 e ao crescimento dos estoques, fatores que não devem se repetir no segundo semestre.

Brizzio explicou que os pilares do mercado do aço na América do Norte se mantêm “saudáveis” e que os governos da região apoiaram a preocupação com a possível concorrência desleal. “Acreditamos que isso continuará assim e que se seguirá trabalhando para que exista um campo equilibrado para todos os concorrentes”, disse.

Os sinais de reativação em vários setores da economia argentina indicam que a recuperação será maior no segundo semestre, e que o consumo de aço deve crescer 10% em 2017. Brizzio também contou que as perspectivas econômicas e do setor são favoráveis na América Central, na Colômbia e nos Estados Unidos. 

Importância da Usiminas

No dia 1º de agosto, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) autorizou, sem restrições, que a Ternium compre a siderúrgica CSA no Rio de Janeiro. “Continuamos dando os passos necessários para concluir a operação, o que deve ocorrer no terceiro trimestre”, informou Brizzio. A partir da decisão do Cade, começa um período de 15 dias para que qualquer outra parte interessada faça comentários.

Além disso, estão melhorando as perspectivas da economia brasileira. Em resposta a uma pergunta dos analistas, Brizzio confirmou os resultados positivos que estão sendo obtidos pela Usiminas, em que a Ternium tem participação acionária. “A empresa está trabalhando bem para obter esses resultados, e acreditamos que vai continuar fazendo isso”, disse.